Sem a presença de representantes da Prefeitura, LOA 2021 é discutida por vereadores em audiência pública

Em audiência pública realizada na quarta-feira (dia 16), a Comissão de Finanças e Orçamento, representada pelo vereador Lázaro Borges (PROS), discutiu o Projeto de Lei 68/2020. A Lei Orçamentária Anual (LOA) 2021 fixa a despesa do município para o próximo ano, determinando gastos de secretarias e da Câmara Municipal.

Apesar do projeto ser de autoria do Executivo, nenhum representante da Prefeitura esteve presente para responder as questões dos edis e da população (feitas com antecedência por e-mail). Sessões extraordinárias serão agendadas na próxima semana para a votação do projeto.

Neste arquivo, é possível ver uma relação dos orçamentos estabelecidos para cada secretaria e para a Câmara Municipal, bem como um comparativo dos valores destinados à Casa de Leis nos últimos anos.

Estiveram presentes na audiência os vereadores Saulo Souza, Neno Ferrari, Toninho da Biblioteca, Welson Lopes, Zé Carlos Maçã do Amor, Fábio Suru, Diogo Pernoca, Saulo Dentista e Marinho Oliveira. Também compareceram alguns dos vereadores que vão compor a 18ª Legislatura: Patrícia Bin, Ariel Borges, Lucas Ferrari, Márcio da Ranni, Jilmara Protetora, Dr. Saul Souza e Beto Melo.

Skip to content